CBF recomendará fim do cabeceio para crianças

CBF recomendará fim do cabeceio para crianças

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

A CBF  (Confederação Brasileira de Futebol) recomendará aos clubes e escolinhas de futebol que crianças menores de 12 anos não treinem cabeceio na bola. A medida segue a de países como Estados Unidos e Escócia, que proibiram esse tipo de trabalho na base, e tem por objetivo prevenir problemas cognitivos, como distúrbio de atenção, memória de fixação e memória verbal.

Coordenador do departamento de neurologia pediátrica do Sabará Hospital Infantil, Carlos Takeuchi defende a iniciativa da CBF e sugere a expansão para jovens até 18 anos. “É óbvio que não se pode ficar batendo cabeça. Nunca é bom. E isso vale para qualquer idade. No esporte há muitos casos de demência causadas por excesso de pancadas na cabeça. Para mim isso não devia ser estimulado para nenhum atleta. Pelo menos até atingir a maioridade.”

Pagura acha que é exagerado pedir que jovens com menos de 18 anos sigam essa cartilha. “Mas crianças até 12 anos acho extremamente importante fazer esse tipo de orientação.”

Link da Notícia: https://esportes.estadao.com.br/noticias/futebol,cbf-recomendara-fim-do-cabeceio-para-criancas,70003198272

 

 

Av. Santos Dumont, 1789, Sala 607 – Aldeota, CEP 60150-160, Fortaleza – Ceará – Brasil

   ifanadm@ifan.com.br

    +55 (85) 3268-3979

   +55 (85) 3268-3979